Homenagem a Debussy e Boulez

Ó Debussy, Propusestes novos caminhos Novos modos de continuidade Transcendente o desenvolvimento Num fluxo contínuo de puro tempo Mostraste a temporalidade plena Pura e infinita, apreendendo então O tempo enquanto movente Ó Boulez, Levastes a serialização ao infinito Não ficando refém desta, porém Indo além tensionando a música Em sua estrutura e linguagem Escrevestes sua…

Reflexões pós-exposição – Triplopia

Após passar pela exposição Triplopia, na Pinacoteca de São Caetano do Sul, com obras de Gregório Gruber, Lorena Hollander e Lúcio Tamino, resolvi escrever algumas reflexões sobre as obras exibidas na exposição. Não vou falar sobre todas as obras, somente as que marcaram-me. De maneira que o texto não visa realizar uma crítica sobre a exposição, mas somente expor algumas impressões.

Filosofia, Música e Sociologia: a presença e continuidade no currículo escolar

Vamos discutir sobre o retorno destas disciplinas ao ensino médio. Muito se tem discutido sobre isso, a contribuição que este texto busca talvez nem seja expressiva, mas o tema urge por constantes reflexões tanto para que suas práticas não se naturalizem como para que o debate exista sobre a relação destas disciplinas com o existir no mundo dos educadores e educandos. Neste texto há ecos de múltiplas leituras e discussões anteriores que necessitam ser retomadas constantemente e agradeço a estas.