Angústia

angustiaAngústia

Incômodo, vazio, carência, falta e outros mais
Tens presença até nas inolvidáveis felicidades
Não permites o perpétuo ser em imobilidades
Obrigas a uma perpétua gestação de sentidos
A uma contínua transição do si em caminhos

Contigo, a ausência e incompletude levam à
Auscultar e comiserar-se das penúrias alheias
Buscar a completude de si através de amores
A não mergulhar em inóspitos Sis ou personas
Andarilhar, gestar, e jorrar sentidos existenciais

Ignorar-te é anular a potência movente que sou
Ter tua presença leva-me a exercer a compaixão
Negar o isolamento e indo ao encontro de mim
O amor só frutifica ao abraçar a própria angústia
Assim, estendo a mão para a angústia do outro

Escrita em: 19/07/2016
© 2016 Tiago De Lima Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s