Chuva

Chuva

Água que cai, água que limpa forte-chuva
Água que vem semeando a vida
Teus raios produzem o ozônio
Protegendo todas as formas de vida
Quando cais é a vida em movimento
Se acompanhamos a doce sinfonia
De cada pingo, cada vento, cada som
É a vida em nós que volta a mover
Ó querida chuva, a intensidade que és
Toca e movimenta nossa alma e vida

Escrita em: 29/01/2016
© 2016 Tiago De Lima Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s