Homenagem a Debussy e Boulez

debussy-boulez

Ó Debussy,
Propusestes novos caminhos
Novos modos de continuidade
Transcendente o desenvolvimento
Num fluxo contínuo de puro tempo
Mostraste a temporalidade plena
Pura e infinita, apreendendo então
O tempo enquanto movente

Ó Boulez,
Levastes a serialização ao infinito
Não ficando refém desta, porém
Indo além tensionando a música
Em sua estrutura e linguagem
Escrevestes sua poética, e
Como regente mostra o domínio
De concepções interpretativas

Ambos abriram caminhos
Amplos, infinitos, intensos,
O que mais dizer a não ser:
Graças a música de Debussy!
Graças a música de Boulez!
Afinal, ambos colocam
A infinita e movente questão:
O que é, afinal, música?

Escrita em: 28/01/2016
© 2016 Tiago De Lima Castro

Escute a obra Prélude à l’après-midi d’un Faune de Claude Debussy regida por Pierre Boulez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s