Only Lovers Left Alive – Amantes Eternos

onlylover_p01cor_2013110405“Only Lovers Left Alive” (Amantes Eternos) é um filme escrito e dirigido por Jim Jarmusch laçado em 2013. No Brasil, infelizmente, o filme passou somente em alguns festivais. A trama gira em torno de dois vampiros e amantes, Adam (Tom Hiddleston) e Eve (Tilda Swinton), e seus desafios de sobreviverem aos nossos dias.

olla dark and lightO tema vampiro perpassa toda história do cinema, do expressionista Nosferatu (1922) de Friedrich Wilhelm Murnau, aos recentes filmes e séries de vampiros com um olhar adolescente, essa figura sempre é uma constante no cinema. No caso de Nosferatu, por exemplo, o vampiro é uma metáfora a um inimigo escondido no escuro que não se sabe quem é – normalmente esta é a temática do expressionismo alemão, posteriormente, estes “inimigos ocultos” serão identificados com judeus e outras minorias no III Reich. Mais recentemente, os vampiros tornaram-se figuras extremamente efêmeras e triviais na cultura pop.

Os dois vampiros principais são amantes da cultura, conhecimento e arte. Eve ama, principalmente, a literatura e a botânica, enquanto Adam a música e tem um painel com as fotos de seus heróis, como Einstein, Darwin, Tesla e muitos outros grandes cientistas. Os dois tem real necessidade dessa essência humana que é sua produção artístico-científico-cultural. Entretanto, chamam os humanos de zumbis, pois estes não valorizam tudo isso, Adam chama a lamentar dos humanos ainda não aceitarem Darwin e o destino trágico de todos estes grandes criadores da cultura. Temos também o vampiro Marlowe (John Hurt), que no filme é o autor de famosas peças da literatura universal creditadas a outro autor, o qual você descobrirá assistindo ao filme.

only-lovers-left-alive04Adam e Eve tem personalidades complementares e opostas, o que é belissimamente representado pelas cores de seus cabelos e figurinos. Há uma cena em que ambos praticamente formam a imagem do Ying Yang. Enquanto Eve é alegre e expansiva, como vemos em sua amizade com Marlowe, Adam é introspectivo e triste, lamentando pelo destino dos cientistas e a trivialidade da cultura contemporânea. No filme, mostra-se que ambos também influenciaram toda a arte, especialmente Adam dando suas composições musicais a outras pessoas.

OnlyLoversLeftAlive_2Mesmo sendo amantes no mais profundo sentido da palavra, ambos vivem em locais diferentes do mundo, o que já é uma interessante metáfora do que é amar. Porém, de tempos em tempos se encontram, nesse caso, motivado por mais uma crise existencial de Adam.

Além da dificuldade em viver em uma época culturalmente estéril, ambos tem dificuldade em sobreviver devido aos humanos além de contaminarem a água e o meio ambiente, terem contaminado seu próprio sangue, levando os vampiros a necessitarem buscar em bancos de sangue a mais puro e essencial sangue, já que atacar as pessoas é complicado pelos problemas em se livrar dos corpos, diferente da idade média, e da própria contaminação do sangue.

Vemos que o sangue, por exemplo, em culturas sumérias representavam a vida e a própria alma, daí o mito do vampiro que suga o sangue, ou seja, a alma e a vida dos humanos. Dessa forma, a necessidade deles de buscar sangue puro e concentrado, além de falar de drogas, medicamentos, suplementos, entre outros que contaminam o sangue; representa o essencial da existência humana enquanto a arte, a cultura e a ciência, a também é uma produção cultural humana. Para isso, o diretor mostra instrumentos musicais antigos, discos, equipamentos antigos, livros clássicos, entre outros. Os cenários e fotografias são bem executados para representar estes vampiros como guardiões do sumo da produção humana, daí o nome deles serem os mesmos dos personagens bíblicos Adão e Eva, também uma metáfora. Na casa de Adam, já instalações elétricas que remetem aos projetos inacabados de Tesla, mostrando como a falta de valorização da produção cultural como um todo é um grande atraso, que é ligeiramente comparado com as nossas instalações em determinando momento, mas de maneira bem sutil.

Ao longo do filme surge Ava (Mia Wasikowska), irmã de Eve, que representa a nulidade e trivialidade de nossa época. Ela quebra a paz do casal colocando em risco sua sobrevivência. Não entrarei em detalhes do como, vale a pena assistir e perceber como ela quebra a paz deles por não conseguir consumir o sumo essencial do humano, seja o sangue, seja a cultura.

only-lovers-mia729-620x349Ao final, sem estragar a sua surpresa, ambos serão obrigados a uma grande mudança e retorno a certas práticas antigas dos vampiros. Entretanto, a cena final pode ser compreendida como um aviso: a única forma de apreciar o sumo da produção artística, científica e cultural de nossa época é sair dos grandes centros e deixar o isolamento intrínseco a condição de um apreciador da cultura para poder sugar essa produção rara mas ainda existente…

Ver um filme sobre vampiros que sai da mesmice propondo uma interpretação sobre nossa época é incrível. O resultado final entre brilhantes interpretações, belas concepções de cenários, fotografia, trilha sonora e montagem final tornam o filme bem interessante. Há quem tenha considerado o desenrolar do filme um tanto lento, entretanto, isso é um elemento de linguagem interessante a crítica proposta pelo autor, afinal, como criticar a rapidez e trivialidade de nossa época usando-se cortes rápidos? Daí o resultado final ser tão interessante.

Somente, antes de finalizar, proponho uma questão a você que está lendo: Por que o filme se inicia com um disco girando?

Publicado originalmente em: http://supernovo.net/oscinefilos/only-lovers-left-alive-critica/

© 2014 Tiago de Lima Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s