O difícil Perdão

Olho para este e vejo o que fez

Ainda é o mesmo, nada mudou

O mesmo olhar e intenção

O ato no passado está

mas o vejo em seu olhar

E revivo o vil momento

Em que me fizeste o mal sentir

Esse passado não é agora

É um momento na memória

Mas se vejo o agora

Vejo seus cabelos grisalhos

Que outrora tinham cor

Vejo algumas marcas no rosto

Que outrora era límpido

Vejo as marcas do tempo

Porém logo o vejo no passado

Se mudastes no exterior,

Terias mudado o interior?

Não é mais o mesmo

Estas marcas estão na alma

A agora não é mais o passado

Não mais vejo o mal que senti

E sim o bem podemos viver

Não somos mais os mesmos

A ti perdoo e és meu espelho…

© 2013 Tiago de Lima Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s